POR UMA NOVA PERSPECTIVA METODOLÓGICA NO ENSINO DE HISTÓRIA DA MODA COM ÊNFASE NA HISTÓRIA REGIONAL

  • Camila Carmona Dias Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - IFRS

Resumo

Este artigo apresenta as etapas e os resultados de um trabalho realizado pelos estudantes do Curso Técnico em Vestuário do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, durante a disciplina de História da Indumentária. Tal trabalho consistiu em compreender a moda como constructo sociocultural, e seu propósito foi reunir, organizar e difundir informações, fatos, relatos e imagens sobre os costumes e a moda na década de 1950 na cidade de Erechim. O objetivo deste estudo é expor essa experiência como modelo didático de ensino, aliando a pesquisa teórica em história regional à prática dos estudantes do curso. Por meio da dinâmica de trabalho proposta, a pesquisa, realizada pelos estudantes, trouxe a história para perto deles. Ainda, possibilitou aos estudantes o desenvolvimento da criticidade sobre o assunto moda.  Palavras-chave: História regional. Moda. Ensino.

Biografia do Autor

Camila Carmona Dias, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - IFRS
Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em História; Mestra em Educação; Especialista em Moda: Produto e Comunicação; Especialista em Comunicação e Semiótica; Bacharel em Moda .Professora do CST em Design de Moda e Curso Técnico Concomitante em Produção de Moda. Atua nas áreas de História da Moda, Semiótica, Antropologia e Sociologia da Moda.

Referências

BASSANEZI, C. Mulheres dos anos dourados. In: PRIORE, Mary Del (org.). História das mulheres no Brasil. p. 607 – 639. São Paulo: Contexto, 2008.

BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2007.

BRAGA, João. História da moda. 6. ed. São Paulo: Anhembi Morumbi, 2007.

BRAGA, J; PRADO, L. A. História da moda no Brasil: das influências às autorreferências. São Paulo: Pyxis editorial, 2011.

CARDOSO, M. A Juventude dos anos dourados: o tradicionalismo pós-guerra e a ruptura rebelde como prenúncio de revolução e vontade de liberdade. In: LEMAD- Laboratório de Ensino e Material Didático. 2010. Disponível em:<http://lemad.fflch.usp.br/node/283>. Acesso em: jul. 2016

CHATAIGNIER, Gilda. História da Moda no Brasil. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2010.

DIAS, Camila Carmona. A moda e o tempo: entre as tendências e as releituras. Icônica: revista científica de design de moda e tecnologias, v. 01, p. 113-129, 2015.

HOLLANDER, A. O sexo e as roupas: a evolução do traje moderno. Rio de Janeiro: Rocco, 1996.

LAVER, J. A roupa e a moda: uma história concisa. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

MANÇÃO, Maysa. Enciclopédia da moda. 1 ed. São Paulo: Senac, 2005.

MOUTINHO, M. R.; VALENÇA, M. T. A moda do século XX. Rio de Janeiro: Senac Nacional, 2000.

PEGORARO, E. Elas, silenciosas ou ousadas: a publicidade e as diferentes percepções acerca da mulher (1940-1950). In: História, imagem e narrativas.2011. Disponível em: http://www.historiaimagem.com.br/edicao12abril2011/edicao12.php. Acesso em: jul.2016.

SILVA, Luis Carlos Borges da. A importância do estudo da História Regional e Local no ensino fundamental.In: ANAIS do III Encontro Estadual de História: Poder, Cultura e Diversidade. 2004.

SOUZA, Gilda de Mello e. O espírito das Roupas: A Moda no Século Dezenove. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

VASCONCELOS, José Antonio. Metodologia do ensino de história. Curitiba: InterSaberes, 2012.

VISCARDI, Claúdia Maria Ribeiro. História, Região e Poder: A Busca de Interfaces Metodológicas. LÓCUS: Revista de história , Juiz de Fora, vol.3.nº 1.p 84-97. 1994.

VITA, A. C. R. História da maquiagem, da cosmética e do penteado: em busca da perfeição. São Paulo: Editora Anhembi Morumbi, 2008.

Publicado
2016-12-21
Seção
Artigos