A dádiva como prática social

  • Ana Carolina Júlio Doutoranda em Administração - UFES, Universidade Federal do Espírito Santo

Resumo

Este artigo analisa como outras possibilidades de relações sociais, marcadas pela honra, respeito, afeto e reciprocidade, influenciam a vida social e o processo organizativo (organizing)de uma escola de samba. Para compreender esses fenômenos, as ideias de Schatzki e Mauss são utilizadas. Está é uma pesquisa qualitativa que triangula observação participante, entrevistas e pesquisa documental. Durante o carnaval, o objetivo da escola foi honrar o pavilhão e a memória do seu presidente, retribuindo a dádiva que se recebeu: o prazer de desfilar, a amizade e a família. Assim, as dádivas revelaram-se como uma prática social, sendo marcadas pelas teleoafetividades. Os objetivos de uma organização podem ir além de seus resultados instrumentais/racionais, coexistindo com sentimentos, emoções e humores. As teleoafetividades também podem orientar o que as pessoas fazem; sendo as dádivas exemplos de práticas norteadas por essa dinâmica afetiva.

Biografia do Autor

Ana Carolina Júlio, Doutoranda em Administração - UFES, Universidade Federal do Espírito Santo
Doutoranda em Administração (UFES, 2014), Especialista em Gestão Empresarial (FGV-RJ, 2011), e Bacharel em Relações Internacionais (UnB, 2006).Atuei como especialista de gestão para América Latina na Ambev, e fui Trainee da mesma empresa. Fui gestora de RH na Alstom e coordenadora de novos negócios na Gafisa. Iniciei minha carreira na área de Administração em 2003, na ONG internacional AIESEC.Atualmente sou pesquisadora do projeto de pesquisa "A Indústria Criativa na Produção do Desfile de uma Escola de Samba do Estado do Espírito Santo (FINANCIAMENTO: Edital CNPq nº 14/2013 - Processo 486435/2013-0)", coordenado pelo Prof. Dr. César Augusto Tureta de Morais (UFES).Interesses de pesquisa: Práticas organizativas, Práticas Sociais segundo Theodore Schatzki, Estratégia como prática social, Trabalho institucional, Escola de samba, Etnografia, Pesquisa de inspiração etnográfica. http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4333475A2 
Publicado
2020-07-13