A DIDÁTICA UTILIZADA PELOS PROFESSORES NA EDUCAÇÃO SUPERIOR E SEUS IMPACTOS NA APRENDIZAGEM DOS ESTUDANTES

  • Carlos Augusto Fontanini Pontifícia Universidade Católica do Paraná
  • Deise Maria Marques Choti
  • marina miers

Resumo

O objetivo desta pesquisa é apresentar os resultados sobre a didática utilizada pelos professores na Educação Superior e seus impactos na aprendizagem dos estudantes. O campo da didática, segundo alguns autores, está restrito ao desenvolvimento de técnicas voltadas ao ensino, como instrumentos para o desenvolvimento no processo de ensinar, com vistas ao melhor desempenho e resultados eficazes (SFORNI, 2012; PIMENTA e ANASTASIOU, 2012; HAYDT, 2011). Para a coleta de dados foi utilizado o ResearchGate. A partir de uma pergunta feita no ResearchGate, centenas de pesquisadores ao redor do mundo, de diferentes universidades, tiveram a oportunidade de respondê-la e manifestarem suas opiniões a respeito. A pergunta que deu origem a coleta de dados foi: O professor deveria focar em uma aprendizagem rigorosa ou em uma aprendizagem com entretenimento? Foram analisadas setenta por cento das respostas, das quais pôde-se extrair entre opiniões e até mesmo replicações em debates, 104 respostas sintetizadas, o que é uma amostra considerável. Os resultados apontam que é necessário utilizar das tecnologias advindas da globalização a favor do ensino. Deve-se apropriar das novidades tecnológicas e da nova maneira de se viver e olhar o mundo. Novas gerações estão envolvidas com novas tecnologias desde muito cedo, sendo necessário que se estabeleça uma forma de utilização destes recursos, de forma envolvente e motivadora.

Biografia do Autor

Carlos Augusto Fontanini, Pontifícia Universidade Católica do Paraná
Doutor em Educação
Deise Maria Marques Choti
Doutora e mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Possui graduação em pedagogia pela Faculdades Integradas Campos Salles. Professora Convidada e Pesquisadora da Pontifícia Universidade Católica do Paraná no Grupo de pesquisa PEFOP: Paradigmas Educacionais e a Formação de Professores (de 2008 até a atualidade). Estuda metodologias de aprendizagem que contemplam os recursos midiáticos em ambientes educacionais formais e não formais. Investiga os paradigmas pedagógicos que embasam as propostas metodológicas que envolvem as mídias educacionais, bem como busca analisar os impactos dos conteúdos disponíveis na rede de informação para a aprendizagem, a criação e avaliação de metodologias docentes com uso das mídias, a utilização de ambientes virtuais de aprendizagem e de softwares educacionais. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Tecnologias , Formação de Professores, Formação Continuada de Professores com Utilização de Ambientes Virtuais de Aprendizagem, Aprendizagem Colaborativa, Pesquisa, Softwares, Incentivo a Aprendizagem por meio de Recursos Pedagógicos Alternativos.
marina miers
Graduada em administração pela Pontifícia Universidade Católica do Parana (2016).
Publicado
2019-12-26