Fatores que influenciam o stress dos professores da educação infantil da cidade de Buriticupu/MA

  • Francisca Coutinho
  • Lindemberg Costa Junior IFMA

Resumo

Analisar quais variáveis influenciam o nível stress dos professores da educação da educação infantil foi o objetivo dessa pesquisa. Que se justifica pelos danos que esta doença tem causado a vida dos trabalhadores, em especial aos professores, sendo considerada uma das profissões mais estressantes. Utilizou-se metodologia quantitativa, de caráter descritivo e de corte transversal. Adotou-se o formulário Typerform como ferramenta de coleta de dados. A pesquisa aponta que tanto os professores da rede pública, quanto os professores da rede privada, sentem-se pressionados e estressados. Observou-se que as variáveis, carreira docente, comportamento/indisciplina dos alunos, pressão de tempo e excesso de trabalho, políticas indisciplinares inadequadas e o trabalho burocrático administrativo, são os fatores que mais contribuem para o stress dos professores. Em média, revela-se que as duas maiores fontes do stress desses profissionais são carreira docente e o comportamento/indisciplina dos alunos, sendo que a única variável que as escolas privadas obtiveram a maior média foi o comportamento indisciplina dos alunos.  Nesse sentido, observou-se que os docentes de escolas públicas se sentem mais pressionados e estressados que os docentes de escolas privadas. PALAVRAS – CHAVE: Stress; Gestão escolar; Qualidade de vida.
Publicado
2020-12-16