Capital psicológico e suporte à transferência de treinamento

explorando relações na Universidade Federal do Ceará, Brasil

  • Ana Graziela Ramiro Alves Pinheiro Universidade Federal do Ceará
  • Vivianne Pereira Salas Roldan Instituto UFC Virtual

Resumo

O objetivo geral foi investigar a relação entre as dimensões de capital psicológico e suporte à transferência de treinamento, na percepção dos servidores públicos da Universidade Federal do Ceará (UFC). O estudo é quantitativo e exploratório, sendo aplicada a estratégia de survey com amostragem não aleatória de 114 respondentes, participantes de cursos de capacitação. Foram utilizados os seguintes instrumentos validados: 1) Suporte à Transferência de Treinamento, de Abbad e Sallorenzo (2001); 2) Inventário de Capital Psicológico no Trabalho (ICPT), de Siqueira, Martins, e Souza (2013). Para análise dos dados, foi utilizada a estatística descritiva e a Análise de Correlação Canônica não linear (Overals). Os resultados sugerem existir relação entre os componentes de capital psicológico e de suporte à transferência de treinamento. Foram encontrados três clusters de servidores públicos, de percepções distintas, onde aqueles que evidenciaram melhor percepção quanto a elementos de capital psicológico apresentaram um posicionamento positivo quanto a elementos de suporte à transferência de treinamento, seguidos por um grupo de percepção intermediária, e um terceiro grupo, com percepção negativa sobre elementos de ambas as dimensões investigadas. Eficácia, esperança e otimismo no trabalho foram os componentes de capital psicológico mais evidenciados entre os servidores públicos.

Biografia do Autor

Ana Graziela Ramiro Alves Pinheiro, Universidade Federal do Ceará
Bacharel em Administração pela Universidade Federal do Ceará, Instituto UFC Virtual, atuando como servidora pública (Assistente em Administração) na Universidade Federal do Ceará (2012 - Atual). Sua área de atuação tem ênfase em Gestão Organizacional, Gestão de Pessoas, e Estratégia.
Publicado
2021-07-26