MODA ESTATÍSTICA: UMA MEDIDA DE TENDÊNCIA CENTRAL

  • Ancilla Dall’Onder Zatt

Resumo

Este trabalho visa uma refl exão sobre a base conceitual da moda estatística, suas origens, processos de determinação, suas aplicações e processo de aprendizagem. A moda é uma estatística descritiva que indica o valor que mais se repete num conjunto de valores. Karl Pearson utilizou esse termo pela primeira vez em 1895 infl uenciado pela expressão “estar na moda” quando alguma coisa era frequente. Pode ser obtida pela simples observação dos dados de um conjunto, pelo ponto médio da classe modal de uma distribuição, oupor processos mais elaborados – gráfi co e fórmula – de Czuber e de King e, ainda, pela relação empírica de Pearson. Esta faz uso das medidas de tendência central: média, mediana e moda, aplicadas no cálculo da assimetria e da curtose. Cada uma das medidas de tendência central fornece uma visão parcial dos dados, por isso o pesquisador precisa verifi car se o parâmetro moda é adequado ao objetivo de seu estudo investigativo. A moda caracteriza-se por sua aplicabilidade a todos os níveis de medida, especialmente aos dados categóricos.É um processo de aprendizagem muito rico ao envolver conceitos prévios e habilidades que se harmonizam num conjunto de relações constitutivas da moda estatística.Pa l a v r a s - c h a v e : Moda Estatística, Tendência Central, Aprendizagem.
Publicado
2014-07-30
Seção
Artigos